Conversa sobre Empreendedorismo Digital com N√≠colas M√ľller

Padr√£o

Empreendedorismo Digital conversa com N√≠colas M√ľller – Profmarketing

Conversa envolvendo o Prof. Adm. N√≠colas Furlan (administrador do Blog Profmarketing) com o Empreendedor digital N√≠colas M√ľller.

Sites de N√≠colas M√ľller:
http://www.oficinadanet.com.br
http://www.acheconcursos.com.br

Oportunidade РRecomendo o Curso Método 8Ps de Marketing Digital de Conrado Adolpho (o conhecimento mais avançado que existe hoje no mercado brasileiro) em:
http://goo.gl/aJp1YM

Parte 1:

Parte 2:

Conversa sobre Empreendedorismo Digital com N√≠colas M√ľller.

Hangout On Air (ao vivo) gravado às 14:20 do dia 24/8/13.

O Rei e seu Sucessor

Padr√£o

O Rei e seu Sucessor

 

Hoje vou contar uma historinha bem simples, e que faz de forma tamb√©m simples percebermos, o que se deve fazer nos dias atuais de transforma√ß√Ķes constantes e explos√£o de informa√ß√Ķes e conhecimentos proporcionados pela Internet.

 

117099_o-reino-gelado-playarte

 

Um dia o filho do Rei perguntou ao pai:

‚ÄúPai, em sua sabedoria quero que voc√™ me ensine a governar meu reino, para que assim eu possa ser um bom Rei quando voc√™ me passar o trono‚ÄĚ.

O Rei, ent√£o, disse ao filho:

‚ÄúFilho, v√° at√© o rio, que fica ao lado do pal√°cio, e l√° voc√™ encontrar√° a resposta que procura. Depois volte para falar comigo‚ÄĚ.

O Príncipe foi até o rio, sentou perto de uma árvore e ficou contemplando o rio a sua frente. Era um belo rio, largo e cheio de vegetação. Após algumas horas observando o rio, voltou para o palácio, frustrado, para falar com seu pai:

‚ÄúPai, observei o rio por v√°rias horas, mas n√£o vi nada interessante‚ÄĚ.

O Rei, com ar sério, respondeu:

‚ÄúEnt√£o n√£o aprendeste nada. Volte amanh√£ ao rio‚ÄĚ.

No dia seguinte, o pr√≠ncipe voltou ao rio e olhou em diversas dire√ß√Ķes buscando a resposta. Quando voltou ao pal√°cio, disse contente ao pai:

‚ÄúPai, observei o rio e entendi sua li√ß√£o. Devo governar o reino como as √°guas calmas do rio, com paci√™ncia e tranquilidade‚ÄĚ.

O rei, novamente com um ar muito sério, respondeu:

‚ÄúEnt√£o n√£o aprendeste nada. Volte amanh√£ ao rio‚ÄĚ.

Mais uma vez o príncipe voltou ao rio e olhou atentamente tudo à sua volta buscando a resposta. Quando voltou ao palácio, disse contente ao pai:

‚ÄúPai, observei o rio e entendi sua li√ß√£o. Devo governar o reino como as aves que voam sobre o rio, que veem tudo de uma forma ampla.‚ÄĚ

Obteve a seguinte resposta:

‚ÄúEnt√£o n√£o aprendeste nada. Volte amanh√£ ao rio‚ÄĚ.

E assim passaram os dias, e o príncipe, indo ao rio e voltando ao palácio, não conseguia encontrar a resposta, nem entender o que seu pai queria ensinar. Até que um dia, cansado, o príncipe se sentou novamente ao lado da árvore e ficou meditando. Por que ele, um príncipe tão inteligente e esperto, não conseguia aprender a lição do pai e entender como governar seu reino? Foi aí que, quase por instinto, o príncipe se levantou, correu para a margem do rio e mergulhou em suas águas. Não sabia dizer a razão, mas seu instinto dizia que aquilo lhe traria a resposta.

Quando mergulhou no rio, que da margem parecia calmo e tranquilo, o príncipe percebeu a forte correnteza que havia nele. A correnteza começou a arrastá-lo e, por mais que ele tentasse voltar para a margem, o rio o levava adiante. Quando percebeu, o príncipe já estava chegando a um vilarejo, cortado pelo o rio e que era parte do reino.

O pr√≠ncipe parou de lutar contra a correnteza e ficou observando o ferreiro cuidando dos cavalos, as mulheres lavando a roupa na beira do rio, os comerciantes negociando no mercado, e as in√ļmeras pessoas, seus s√ļditos, que ele nunca havia visto ou notado. Foi ent√£o que percebeu o que o pai queria dizer. O rio havia acalmado, e ele conseguiu sair por uma margem. Voltou correndo ao pal√°cio, e todo molhado entrou para falar com seu pai:

‚ÄúPai, entendi sua li√ß√£o.‚ÄĚ

‚ÄúEnt√£o fale, meu filho‚ÄĚ, disse o Rei.

‚ÄúPara governar meu reino com sabedoria, tenho que entend√™-lo profundamente, e para isso tenho que mergulhar no rio e deixar que as √°guas me levem e me mostrem meu reino‚ÄĚ.

E o rei sorriu, certo de que seu filho havia aprendido a lição.

O que essa história nos mostra é que não adianta ficarmos observando da margem nem criando teorias de como agir a partir dela. Se você quer entender seu mundo, você tem que mergulhar nas águas turbulentas e deixar que a correnteza lhe mostre o caminho. Da mesma forma, se você quer dominar a Internet e ter uma estratégia de marketing digital que ajude você a reinar em seu mercado, você terá que mergulhar profundamente nesse rio turbulento que é a rede e deixar que as águas da sociedade digital lhe mostrem o caminho.

BOM CONTE√öDO PARA PROMOVER NEG√ďCIOS NA INTERNET

Padr√£o

redes_sociais

Atrav√©s da internet as empresas podem estar pr√≥ximas dos seus consumidores, conseguem acompanhar as opini√Ķes sobre produtos, servi√ßos e sua marca em tempo real. Portanto, publicar conte√ļdo de qualidade √© o carro chefe para que a empresa tenha uma boa aceita√ß√£o nas redes sociais.
Fan pages de sucesso possuem bons textos, imagens relevantes e atualizadas. V√≠deos antigos ou posts desinteressantes podem arruinar um projeto, pois mostram que a marca n√£o est√° antenada com o mundo atual, e √© exatamente isso que a empresa deve evitar. Estar presente nas redes sociais significa abandonar as antigas tradi√ß√Ķes de marketing e estar aberto para as novidades do mercado.
Al√©m de realizar promo√ß√Ķes exclusivas e criar apps para diversificar o conte√ļdo da fan page, √© preciso estar atento √†s demandas dos consumidores. Saber qual √© o seu p√ļblico-alvo e acompanhar seus interesses. Atrav√©s dessas pesquisas, √© poss√≠vel aumentar as vendas e ainda criar uma rela√ß√£o de fidelidade com os compradores.
A atua√ß√£o das empresas nas redes sociais est√° cada vez maior. Possuir p√°ginas na internet e produzir conte√ļdo relevante atualmente significam mais do que uma necessidade: s√£o essenciais para a longevidade da marca.

PARCERIAS NO MARKETING DIGITAL

Padr√£o

            Hoje todos nós, somos usuários de algum produto e muito mais do que isso, somos dependentes da internet,  é com base nela que mantemos contatos com quem esta longe, conhecemos coisas novas, e procuramos produtos e serviços que se encaixe as nossas necessidades.

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† E nessa plataforma cheia de interatividade que entra o marketing digital que tem como base as a√ß√Ķes de comunica√ß√£o que as empresas podem utilizar por meio de m√≠dias digitais para divulgar e comercializar seus produtos. Assim mantendo uma boa rela√ß√£o com seus clientes e conquistando novos. As a√ß√Ķes do Marketing Digital tem como fim a promo√ß√£o de produtos ou servi√ßos atrav√©s dos canais digitais de uma forma personalizada e com mais efici√™ncia e rapidez.

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† No Marketing Digital existem diversas formas para aperfei√ßoar as a√ß√Ķes, como melhorando o desempenho do site, diversos canais de comunica√ß√£o com f√°cil acesso as informa√ß√Ķes, pesquisa de satisfa√ß√£o dos usu√°rios, links patrocinados, campanhas de lan√ßamento de produtos, mas a que ganha destaque e as parcerias estrat√©gicas.

¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬†¬† Essa a√ß√£o √© de f√°cil implanta√ß√£o, assim formam parcerias e aumenta o alcance da empresa facilitando o acesso a novos mercados e p√ļblicos. Para essa a√ß√£o ser positiva, a melhor forma √© buscar parceiros que ofere√ßam produtos e servi√ßos que se completem. Um exemplo que podemos citar facilmente s√£o os blogs de moda e maquiagem, pois a partir das publica√ß√Ķes di√°rias, podemos ver dicas de roupas e cosm√©ticos, mostrando valores dos produtos e onde encontrar. Em alguns post se encontra at√© tutorias, mostrando a opini√£o da blogueira. Uma maneira simples de divulga√ß√£o e que pode fazer toda a diferen√ßa.

O p√ļblico alvo

Padr√£o

Conhecer para surpreender!!
O primeiro P dos 8 P’s do Marketing Digital √© a pesquisa, e ele n√£o ocupa o primeiro lugar por acaso.
Antes de disponibilizar qualquer tipo de produto para a venda na internet, deve-se focar no p√ļblico alvo. O que essas pessoas gostariam de encontrar ao entrar no site.
Outro item importante…o pre√ßo atrai? Atualmente √© grande a demanda por produtos de √≥tima qualidade e com pre√ßo bom. Os clientes est√£o tendo muitas op√ß√Ķes, e com certeza, pesquisam o melhor pre√ßo sim!!!
As promo√ß√Ķes devem ocorrer com bastante freq√ľ√™ncia, inclusive agraciando o cliente fiel, com frete gr√°tis e brindes exclusivos. Fidelizar o cliente para que ele possa recomendar o site.
As empresas precisam também, ter um bom profissional para a criação do site, com layout inovador e  atrativo.
Ao mesmo tempo, ele precisa ser simples, de f√°cil acesso, com palavras chaves que direcionem rapidamente ao produto procurado.
Desta forma, o cliente sente que realmente, efetuou uma boa compra e com certeza retornar√° para compras futuras.

Conhecer para segmentar

Padr√£o

Marketing-boca-a-boca-satisfação-e-rentabilidade1-568x200

A revolu√ß√£o tecnol√≥gica est√° transformando os h√°bitos, atitudes e comportamentos da sociedade e, por consequ√™ncia, as rela√ß√Ķes comerciais entre empresas e seu p√ļblico consumidor. Por isso atualmente n√£o h√° como negar a import√Ęncia das tecnologias da informa√ß√£o e comunica√ß√£o (TIC‚Äôs) na elabora√ß√£o do planejamento estrat√©gico de marketing das empresas.

Sendo assim, surge o conceito de marketing digital que pode ser definido como um conjunto de formas de comunicação pelos meios digitais (internet, celular, etc.) que as empresas utilizam para promover e vender seus produtos e serviços. Além disso, esses meios também são utilizados para conquistar novos clientes e melhorar a sua rede de relacionamento. Ou seja, através do marketing digital busca-se visibilidade online, comunicação com o cliente e fortalecimento da marca.

Neste contexto, as organiza√ß√Ķes necessitam de uma presen√ßa online forte, conquistada atrav√©s da inser√ß√£o das mesmas em diversos canais hoje existentes no meio digital, como: website, blogs e m√≠dias sociais, tais como, You Tube, Twitter, Facebook, Flickr, Instagram, dentre outros.

Atualmente a presen√ßa das empresas nestas redes sociais se tornou uma pr√°tica b√°sica para averiguar a√ß√Ķes da concorr√™ncia, divulgar novos produtos e estar a par das opini√Ķes dos clientes. Destaca-se aqui que as redes sociais permitem a comunica√ß√£o direta entre o cliente e a organiza√ß√£o. O fruto disso √© a obten√ß√£o de maiores informa√ß√Ķes acerca desse cliente. Seja atrav√©s de dados, cr√≠ticas, elogios ou reclama√ß√Ķes h√° maiores possibilidades da gera√ß√£o de diferenciais para os produtos, servi√ßos e para a pr√≥pria empresa.

Portanto, o meio digital se tornou grande aliado na identificação das demandas dos clientes para que se possa segmentar serviços e produtos e atender às expectativas de cada um.

Inbound Marketing

Padr√£o

inbound

¬†¬† Um novo conte√ļdo e √ļnico nunca foi t√£o importante para as empresas como √© hoje.

¬†¬† Novo conte√ļdo atrai cada vez mais visitantes para o site o que consequentemente produz mais convers√Ķes e contatos para o banco de dados. Portanto, √© necess√°rio postar algo novo constantemente e com uma regularidade definida. Agindo desta maneira as empresas estar√£o contribuindo para a fideliza√ß√£o dos clientes atuais, criando uma rela√ß√£o de longo prazo. Ao fornecer informa√ß√Ķes valiosas, sua marca constr√≥i confian√ßa, consci√™ncia e lealdade.

¬†¬† Mas e o que √© Inbound Marketing? Inbound √© o marketing realmente √ļtil para seu p√ļblico-alvo. Por meio de suas estrat√©gias, os neg√≥cios conseguem novos clientes por atrair com seu conte√ļdo excepcional, sem incomod√°-los com spam e telefonemas indesejados. ¬†Ele tamb√©m ajuda a empresa a ser encontrada por pessoas interessadas em produtos e servi√ßos (em espec√≠fico da sua empresa) e a construir um p√ļblico maior ao longo do tempo. Sua estrat√©gia combina cria√ß√£o de conte√ļdo com automa√ß√£o de marketing para avan√ßar os clientes potenciais pelo seu funil de vendas, com o objetivo de gerar leads qualificados e encurtar o ciclo de vendas.

¬†¬† O Inbound Marketing √© baseado em atrair pessoas interessadas no seu produto/servi√ßo com conte√ļdo valioso; aliment√°-las com informa√ß√Ķes relevantes; e convert√™-las em oportunidades de vendas.

¬†¬† Ao usar constantemente conte√ļdo poderoso e otimizado as estrat√©gias de Inbound Marketing oferecem maneiras mais eficientes e acess√≠veis para gerar demanda e conquistar novos clientes do que as abordagens convencionais de Marketing.

Inbound_Marketing_for_Real_Estate1

Marketing digital nas empresas

Padr√£o

A comunicação entre marcas e pessoas mudou radicalmente. A internet está em constante evolução, surgem novas tecnologias que aprimoram a maneira de se relacionar entre marcas e pessoas a cada dia. O consumidor passou a interagir com a empresa/marca, bem como, tornou-se um formador de opinião agregando valor à mesma.
A sociedade est√° em Rede e as pessoas est√£o conectadas e informadas de tudo, logo as empresas precisam ter uma comunica√ß√£o mais ativa com as pessoas. Para atuar de forma efetiva no ambiente digital, a metodologia dos 8Ps do marketing digital (Pesquisa, Planejamento, Publica√ß√£o, Promo√ß√£o, Propaga√ß√£o e Precis√£o) explora ferramentas da internet, algumas dispon√≠veis gratuitamente pelo Google, que possibilita monitorar conte√ļdo no ambiente digital para acompanhar e gerenciar informa√ß√Ķes que podem impactar diretamente no alcance das m√≠dias sociais e tr√°fego de website.
Portanto, a metodologia dos 8Ps deve ser um ciclo cont√≠nuo de an√°lise, que se aplicado segundo os passo a passo dos ‘Ps’, poder√° revelar estrat√©gias para alavancar os acessos ao website e m√≠dias sociais a fim de aproximar dos clientes e oferecer um melhor atendimento.

A import√Ęncia do primeiro P (Pesquisa) no Marketing Digital

Padr√£o

 

Pesquisa

Em meio √†s constantes transforma√ß√Ķes no universo midi√°tico, sempre buscamos pela satisfa√ß√£o dos clientes em todo o planejamento para sua campanha. Muitas vezes nos colocamos no lugar deles para saber o que eles buscam de nossa campanha e o que n√≥s podemos oferecer para eles e para o retorno positivo da mesma. Desta forma usa-se a pesquisa para filtrar as necessidades, desejos e tend√™ncias que o p√ļblico-alvo quer, a partir da√≠ sabemos que para um bom funcionamento de qualquer planejamento, a pesquisa √© fundamental, e n√£o √© a toa que ela √© o primeiro P do Marketing Digital.
A pesquisa tem como finalidade ajudar no processo do planejamento e com o Marketing Digital n√£o √© diferente. Para podermos mensurar de uma melhor forma o que o nosso p√ļblico-alvo quer, a pesquisa deve ser produzida e aplicada em diferentes p√ļblicos consumidores do produto. Com a internet, os consumidores dela e os produtos consumidos pela mesma em permanente muta√ß√£o,a pesquisa no Marketing Digital deve ser feita com maior freq√ľ√™ncia, as demandas de necessidades e desejos dos internautas s√£o maiores do que a de um comprador em loja f√≠sica, a web oferece muita concorr√™ncia e para o nosso cliente n√£o cair e ter a satisfa√ß√£o em crescimento e produ√ß√£o, a pesquisa √© muito importante.

 


Warning: array_key_exists() expects parameter 2 to be array, null given in /home/profmarketing/www/wp-content/themes/icy/lib/core.php on line 700

Warning: in_array() expects parameter 2 to be array, null given in /home/profmarketing/www/wp-content/themes/icy/lib/core.php on line 764