Hora de agregar conteúdo

Padrão

Em tempos de multiplicação de sites, blogs, redes e espaços digitais acessíveis a todo a um clique, as empresas, para serem vistas, precisam apostar na estratégia e no planejamento para criarem diferenciais. Na era da informação e com tantos recursos midiáticos disponíveis, sai na frente quem tem conteúdo. E conteúdo diferente. O marketing digital sublinha a capacidade de geração de informações importantes, curiosidades, detalhamento de conteúdo para agregar. O Inbound Marketing ganhou força porque o consumidor está cada vez mais exigente, compara serviços, preços, qualidade. E quem consegue rechear com boas informações os sites e suas redes sociais para divulgação da marca, ganha visibilidade, compartilhamento, fidelidade, simpatia. Soma valor ao produto. E isso se traduz em negócios.

Não adianta pensar em Marketing de Conteúdo se o profissional que está por trás dele for preguiçoso. Os consumidores não se deixam convencer pelas propagandas habituais, fogem das mesmices. O tempo de usar atalhos já era. É tão fácil pesquisar na internet sobre um produto, digitar alguns caracteres no Google e ver a imensidão de possibilidades a pesquisar, que o consumidor se tornou cada vez mais exigente. Ele quer saber as vantagens, os modelos, o preço, a entrega, os problemas, o atendimento, a assistência antes de efetuar a compra. E quando a empresa corresponde a essas questões de forma criativa, elaborada, pensada na informação e não apenas no apelo comercial, soma pontos.

Da pesquisa à precisão, os “8 pês” do Marketing Digital passam por estratégias importantes para capturar um cliente. O produto deve ser interessante para criar vínculo e se estabelecer. Para ganhar a confiança é preciso que haja troca, atender a dúvidas, anseios, problemas. Com isso, gerar envolvimento se troca fundamental para ir além do produto, mas para consolidar a marca e torná-la uma preferência concreta nas escolhas futuras. O vínculo emocional se torna mais difícil de ser quebrado e a empresa conquista um cliente que compra não apenas um produto, mas a ideia, a filosofia da marca. Com boas campanhas de comunicação, a empresa deve apostar no diferente para cativar e permitir espaço de opinião, de troca, entre clientes e empresa.

O Marketing de Conteúdo se estrutura de tal forma para relacionar empresa à vida dos clientes, pensado para ir além da compra de produtos ou serviços, mas para formar um público que adore a marca. A missão das empresas é agregar valor à marca. Desafio para o marketing atual.

Leave a Reply